Seguidores

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

13º CBCENF- PÃO E CIRCO?

É isso que queremos?

O 13º CBCENF mais pareceu um evento festivo do que propriamente um congresso de enfermagem.
É lamentável que nosso dinheiro esteja sendo gasto sem qualquer consulta a categoria, pois se todos soubessem como está sendo usado certamente discordariam, exceto os beneficiários é claro.
Este foi meu primeiro congresso, confesso que fiquei assustada, pois não sabia que havia tanta festa. Sempre soube que o programa nunca correspondeu as temárias necessárias relativas ao exercício da nossa profissão. Mas como houve mudança, as quais também ajudei a construir, pensei que este seria diferente. Mas não foi.....

Infelizmente o que se viu foi:
  • CAMAROTE com distribuição de wisk 12 anos para a cúpula e amigos próximos;
  • SHOWS todas às noites: 1º dia: Banda Aviões do Forró; 2º dia: Alceu Valença, 3º dia: Elba Ramalho;
  • Distribuições de BRINDES exclusivos para os conselheiros;
  • JANTAR exclusivo para a cúpula.
Os temas das palestras foram direcionados apenas para o seguimento de enfermeiros(as) quando deveria ser para ENFERMAGEM. Por aí se percebe quem domina e para quem está sendo direcionado.
É um equívoco de quem se elegeu para se contrapor a antiga postura se comporte de tal modo, por isso volto a dizer que é preciso sair do discurso.
Não houve sequer uma discussão de cunho político, exceto:  A inserção política do ENFERMEIRO e ..
Quando deveria ter sido: A inserção política da ENFERMAGEM e as ....
As palestras eram ministradas mas não havia espaço para debate.
Como não houve momento para discussão do tema, tão logo terminou a exposição procurei a Enfª Ana Tânia e expus minhas observações  as quais form bem aceitas por ela:
  • Que a inserção política deveria ser discutido AMPLAMENTE dentre da enfermagem;
  • Que não existia só uma candidatura aqui no RN dentro da enfermagem como foi divulgado dentro do congresso a da Enfª Valda, existiam TRÊS, inclusive uma candidata enfermeira que já se coloca há anos seu nome a disposição, que é Simone Dutra, e um técnico de enfermagem Cinquentinha (Mossoró);
  • Que a criação de um sindicato de enfermeiros só contribui para aprofundamento do divisionismo dentro da categoria pois as problemáticas referentes a esse seguimento é muito diferente do contexto dos outros seguimentos que compõem a ENFERMAGEM.
ENQUANTO HOUVER DISTINÇÃO ENTRE OS SEGUIMENTOS DA NOSSA CATEGORIA NÃO VAMOS A LUGAR ALGUM!

Vânia Machado
Auxiliar de Enfermagem do Hospital Universitário (HUOL)
Coordenadora Geral do SINTEST-RN(UFRN)
Membro do Conselho de Administração da UFRN(CONSAD)
Gestora Hospitalar e pós-graduanda em Processo de Cuidar em Saúde-UFRN



3º noite- show com Elba Ramalho

Um comentário:

  1. Nossa que coisa! Façam bastante divulgação pois a enfermagem precisa saber como está sendo usado o dinheiro TÃO suado. Conheço o congresso de psicologia que é muito diferente desse, fiquei pasma pois pensava que havia discussões inerentes as enfermagem de forma ampla contemplando tanto auxiliares, como técnicos e enfermeiros mas pelo visto só era para enfermeiro. Vi a programação e realmente foi isso que vocês disseram. E como puderam esquecer de uma pessoa como Simone Dutra que era candidata a governadora, até eu pelo horário eleitoral sei quem é...

    ResponderExcluir